05 fevereiro 2009

UM TESTEMUNHO


Naquela madrugada não realizei o que íamos fazer, não dei conta do acto em si...O cap. Salgueiro Maia convidou-nos a ir para Lisboa fazer um golpe de Estado, era 1,00 hora da madrugada de 25 de Abril de 1974, tínhamos apagado a luz da camarata há coisa de 15 minutos.

Era uma linguagem a que não estávamos habituados e pensámos tratar-se de acção psicológica, de mais uma instrução nocturna...contudo achámos que desta vez o nosso comandante de esquadrão estava a ir longe demais.

Verdadeiramente só começámos a acreditar, no momento em que fizémos fila para receber munições e granadas reais....Alto...qualquer coisa se passa! Todos responderam ao convite, ninguém quis ficar no quartel; com o cap. Salgueiro Maia iríamos até ao fim do mundo, e, medo era coisa que não tínhamos, ou não tivéssemos 20 e poucos anos.

Houve momentos de tensão, não posso negar, mas todos juntos e com a ajuda do povo, conseguimos levar a melhor. Não esqueço a coragem daquele homem, em cima dos carros de combate, de megafone na mão. Definitivamente o regime tinha chegado ao fim, e, por Deus, de uma forma pacífica.

Assistimos à rendição dos membros do Governo que se tinham refugiado no Quartel do Carmo, entre eles o Presidente do Conselho, Prof. Marcelo Caetano. O acolhimento da população foi memorável e o regresso a Santarém, quase impossível, com tantas pessoas à nossa passagem.

No fim de tudo, dei-me conta que tinha ajudado acabar com o regime que tanto mal fizera ao meu Avô...ironia do destino!



Francisco de Sousa Mendes

(Neto de Aristides de Sousa Mendes)

Copiei este testemunho do Blog URBAN JUNGLE

1 comentário:

Brancamar disse...

Este trabalho de compilação de testemunhos é notável, venho por aqui lê-los e dei-me agora conta da dimensão deste comovente relato do neto de Aristides de Sousa Mendes. Há coincidências extraordinárias, porque estaria este rapaz nesta coluna, para ajudar a fazer justiça a seu avô?
Beijos para ti.
Branca


Oferta do Blog Estranhos dias e corpo de delito

Oferta do Blog ORION